A primeira equipa da edição de 2014

"A primeira equipa da edição de 2014 Elementos de cinco empresas juntaram-se numa formação de quadros que vai integrar a próxima edição do jogo da gestão.

Cinco profissionais oriundos de empresas de áreas tão distintas como hotelaria, seguros, banca, material de escritório e retalho, integram uma equipa multidisciplinar que vai participar na edição de 2014 do Global Management Challenge. Esta formação ganhou o direito de participar na prova, depois de ter obtido o melhor desempenho num programa desenvolvido em parceria pela SDG e a PricewaterhouseCoopers (PwC). Para os elementos da equipa, trabalhar em conjunto nesta iniciativa internacional será um desafio que colocará à prova as suas capacidades e conhecimentos.

O programa de formação Manager Loop desenvolvido pela PwC e a SDG tem por base o simulador do Global Management Challenge e incide sobre módulos que trabalham competências de negócio, tais como comunicação, negociação, gestão de tempo, liderança e trabalho em equipa. Para Tiago Trindade, quadro da Sonae e membro da equipa vencedora, uma das mais-valias do programa foi “a integração entre a componente teórica e prática ao nível das competências de liderança, gestão de equipas, gestão de prioridades e comunicação. O desenvolvimento prático destas valências, potenciado pela utilização do simulador de gestão, pôs-nos à prova e permitiu-nos identificar como devemos reagir em situações de crise”. Acrescenta que esta experiência fez com que se conhecesse melhor enquanto profissional e permitiu-lhe desenvolver competências.

Um novo desafio

Ângelo Fernandes, quadro da Staples conta que “a nossa estratégia passou sempre por tomar medidas com impacto a longo prazo de uma forma consistente com grande atenção sobre o que acontecia no mercado. A consistência foi visível na estabilidade das decisões tomadas ao longo das várias jogadas e vencer mostrou que a estratégia foi a correta”, frisa. No próximo ano estes dois elementos e os restantes membros da equipa vão integrar a competição onde irão enfrentar centenas de formações com experiências e conhecimentos diversificados. Helena Ferreira, quadro do Hotel do Sado, espera que “o Global Management Challenge 2014 nos permita continuar este processo muito interessante de aprendizagem e de desenvolvimento pessoal, se possível, vencendo novamente”.

Em todo este processo, o segredo do sucesso residiu na forte coesão da equipa, tendo como objetivo vencer. Carlos Cotrim Silva, quadro da Tranquilidade, refere que “foi algo que exigiu trabalho. Antecipo o Global Management Challenge 2014 como um desafio ainda mais estimulante, onde iremos aplicar uma lógica semelhante à que desenvolvemos neste programa, com pequenos ajustes”. Já José Bonito, quadro do Banco Popular, antevê o desafio que se avizinha como uma oportunidade de voltar a trabalhar com esta equipa constituída por pessoas que até agora não se conheciam. Até aqui o sucesso obtido assentou “no trabalho conjunto, esforço, dedicação e aproveitamento das diferentes competências dos elementos”, explica José Bonito. Foram ainda estimulados pela concorrência que os fez sair da sua zona de conforto para obter resultados. Uma dinâmica que vão tentar replicar no Global Management Challenge 2014."

In Jornal Expresso, 9 novembro 2013