European Cities Hotel Forecast

Staying Power

O estudo da PwC “European Cities Hotel Forecast for 2016 and 2017” compara os três principais indicadores dos hotéis, – Taxa de Ocupação, Rate Médio Diário (ADR) e Receita por Quarto Disponível (RevPAR) – em 19 das mais importantes cidades da Europa e apresenta previsões econométricas para 2016 e 2017. Cada uma destas cidades foi selecionada pelo seu caráter de relevância na Europa, podendo verificar-se aqui a presença de cidades de passagem e/ou centros de negócios e de turismo, estando algumas na rota para se tornarem megacidades num futuro próximo. 

O forte crescimento estimado das viagens, ao nível europeu, deverá estimular o setor hoteleiro em 2016 e 2017. Contudo, depois de apurado o excecional ano de 2015, o crescimento estimado da receita futura deverá voltar a ser menos relevante, segundo as últimas previsões da PwC. O ano de 2015 assinalou recordes de chegadas de turistas em diversas cidades europeias, o que contribuiu para a melhoria generalizada do desempenho de muitos hotéis.

Os city breaks continuam a representar um segmento em crescimento, caracterizado pelo forte aumento na procura e pela redução do crescimento na oferta, o que contribuiu para alavancar a performance das cidades em 2015, tendência que se deverá manter para este ano.

Para 2016 e 2017, prevê-se um crescimento da receita (RevPAR) para a maioria das cidades analisadas neste estudo.

Em Portugal as oportunidades ainda existem, Lisboa e Porto estão no topo das cidades europeias que mais irão crescer em 2016 e 2017.
  


Muitas das cidades em destaque são cidades de passagem, maduras e líderes mundiais ao nível da sua performance. A procura turística reflete uma busca contínua por destinos agradáveis e seguros, à medida que a instabilidade no Norte de África continua. O setor hoteleiro deverá continuar a registar níveis de crescimento mais elevados do que os restantes setores da economia.

Liz Hall, responsável pela área de Research para o setor de Turismo da PwC no Reino Unido

Perspetivas para as cidades portuguesas

Lisboa

A cidade de Lisboa continua a ser nomeada e premiada por vários analistas de turismo. Em 2015, registou uma das taxas de crescimento mais elevadas da Europa, o que claramente beneficiou a sua atividade hoteleira. A imagem segura e positiva transmitida pela cidade deverá contribuir para alavancar o crescimento do turismo em 2016.

Para os próximos anos esperam-se novas rotas aéreas e o aumento do volume de cruzeiros na cidade de Lisboa. Para além destas perspetivas bastante favoráveis, Lisboa vai acolher alguns eventos-chave em 2016, onde se esperam elevados níveis de afluência turística, como é o caso do Web Summit.

Estatísticas anuais dos hotéis
  Ocupação ADR (€) RevPAR (€)
2014  71% 85 60
2015 73% 91 67
2016 (e) 75% 95 70
2017 (e) 76% 99 75
Percentagem de crescimento
  Ocupação ADR RevPAR
2014  9.6% 0.4% 10.1%
2015 3.3% 7.4% 11.0%
2016 (e) 1.4% 4.2% 5.7%
2017 (e) 2.2% 4.7% 6.9%
ADR: Average Daily Rate (Rate Médio diário)
RevPAR: Revenue Per Available Room (Receita por Quarto Disponível)
(e): estimado

Fonte | Data: STR Global 2016 | Econometric forecast: PwC 2016
Lisboa foi uma das cidades que verificou maiores taxas de crescimento em 2015. A cidade portuguesa será a 5ª cidade com maior crescimento do RevPAR em 2016 e a 2ª em 2017.

Porto

O Porto apresenta taxas de crescimento bastante consistentes, continuando a consolidar-se como um dos destinos mais atrativos da Europa. A recuperação prevista para a economia portuguesa deverá conduzir a um aumento de turistas na cidade, que fará parte de novas rotas aéreas, contando ainda com um programa diversificado de eventos internacionais e conferências.

A cidade do Porto é considerada uma das melhores cidades da Europa para visitar, em termos de qualidade-preço e os prémios que tem vindo a ganhar comprovam-no.

Estatísticas anuais dos hotéis
  Ocupação ADR (€) RevPAR (€)
2014  66% 64 42
2015 71% 71 51
2016 (e) 72% 73 53
2017 (e) 73% 76 56
Percentagem de crescimento
  Ocupação ADR RevPAR
2014  11.0% 1.5% 12.7%
2015 7.4% 12.1% 20.4%
2016 (e) 2.0% 2.5% 4.5%
2017 (e) 1.5% 4.3% 5.8%
ADR: Average Daily Rate (Média diária)
RevPAR: Revenue Per Available Room (Receita por Quarto Disponível)
(e): estimado

Fonte | Data: STR Global 2016 | Econometric forecast: PwC 2016

Em 2015, o Porto alcançou um RevPAR de € 51, obtendo a 3ª posição das cidades que mais cresceram nesse ano. Em 2016 deverá alcançar o 6º lugar e em 2017 o 3º.

Contact us

César Gonçalves
Partner
Tel: +351 213 599 204
Email

Susana Benjamim
Director
Tel: +351 213 599 419
Email

Follow us