Portugal VS Grécia

     

Jorge Costa,
Assurance Partner,
PwC Portugal


“O caso grego recorda-nos que o rigor orçamental assenta, no curtíssimo prazo, no aumento da receita e na redução dos gastos públicos. No médio prazo, será necessário reduzir o peso do Estado, aumentar a competitividade e reforçar o sistema financeiro”
 

Kyriakos Andreou,
Head of Consulting,
PwC Grécia


“As medidas de curto prazo, redução de salários e aumentos de impostos agravaram a recessão. Crescer economicamente exige, agora, lidar com o mercado de trabalho, burocracia, estabilidade do sistema fiscal e gastos públicos”