Impacto total (financeiro, económico, social e ambiental)

Vários motivos podem conduzir à necessidade das instituições entenderem quais os impactos decorrentes das suas decisões, seja de um projeto/política/setor: demonstrar a sua contribuição positiva para a sociedade, justificar o investimento interna ou externamente ou desenvolver parcerias.

Para o fazer, as instituições necessitam de dados claros sobre os efeitos financeiros diretos, mas também sobre os impactos económicos, sociais e ambientais, mais amplos.

A nossas análises de impacto, tipicamente quantificam três tipos de impacto:

  • Impactos diretos – tais como o emprego, o valor acrescentado bruto e as contribuições fiscais gerados pelo próprio setor/empresa
  • Impactos indiretos e induzidos - emprego e o valor acrescentado associados suportados pelo setor/empresa através das suas compras e pelo consumo dos empregos gerados diretamente e indiretamente pelo setor/empresa
4 quadrantes de análise:
  • Impacto económico – mede o efeito do setor/empresa na economia, através da mensuração das alterações no crescimento económico (valor acrescentado bruto) e variações associadas no emprego
  • Impacto fiscal – valoriza a contribuição do setor/empresa nas finanças públicas, incluindo impostos sobre rendimentos, pessoas, produção e propriedade, assim como taxas ambientais
  • Impacto social – mede e valoriza as consequências das atividades associadas ao setor/empresa na sociedade, em áreas como saúde, educação e coesão comunitária
  • Impacto ambiental – atribui um valor ao impacto atividades associadas ao setor/empresa no ambiente, por exemplo, emissões de CO2, utilização de recursos naturais, entre outros. Esta valorização é elaborada conjuntamente com a equipa de sustentabilidade da PwC

   

loading-player

A reprodução deste vídeo não está disponível neste momento

Contacte-nos

António Rodrigues

Partner, PwC Portugal

Tel: +351 213 599 309

Cláudia Rocha

Partner, PwC Portugal

Tel: +351 213 599 309

Siga-nos